Mudas de plantas foliáceas

Alface, escarola, aipo e muito mais

Preparadas para retardar o espigado em condições adversas

Entender a teoria para aperfeiçoar a prática

Relativamente ao espigado das plantas de aipo, alface e escarola, o que sabemos até agora é que, no momento da floração nas folhas do interior da planta, existem duas proteínas que interagem fisicamente, ou seja, que é a combinação dessas duas proteínas a que propicia o aparecimento da flor. Uma, conhecida como FD, é sintetizada no próprio ápice e a outra, chamada FT, provem das folhas.

O processo de surgimento do espigado numa planta de aipo ou alface, por exemplo, assemelha-se ao funcionamento de um interruptor. A floração só é desencadeada quando as duas proteínas estão juntas, uma vez que separadamente nada acontece.

Qual é a informação que percebe a planta do seu contexto?

Pode haver vários tipos, mas no momento conhecemos basicamente dois: a duração dos dias e a temperatura. A diferença entre a duração do dia e da noite, a que chamamos fotoperíodo, é algo que as plantas podem perceber através de foto-receptores nas folhas. Apesar de tudo, as temperaturas também nos fornecem informações sobre a estação do ano, porque, na realidade, em Março e em Outubro, os dias têm a mesma longitude. A planta capta também a temperatura, se vai diminuindo ou aumentando, embora neste caso ainda não tenhamos identificado os receptores.

As plantas são capazes de calcular a temperatura média?

De alguma forma, sim. Não dominamos os detalhes, mas é evidente que a planta da alface, aipo ou escarola não se pode deixar enganar por um dia de calor isolado em pleno do inverno. Acreditamos que deve haver um mecanismo baseado na acumulação que, atingido um certo limiar, desencadeie o programa de florescimento de forma irreversível. As plantas são capazes de guardar dados e processar informações de índole muito diversa e de grande complexidade antes de decidir o momento da floração e do espigado. E não apenas informações sobre o fotoperíodo e temperatura, mas também sobre a disponibilidade de nutrientes, condições de stress, ataque de parasitas, entre outros.

– stress =

– espigado

+ rendimento

A chave é manter as duas proteínas separadas o maior tempo possível.

Na Babyplant, para conseguir que isso aconteça, o que fazemos é minimizar o esgotamento das plantas, deixando praticamente a zero o contador do mecanismo acumulador de stress responsável pela activação do processo de florescimento.

Para o cultivo de verão, não há outra planta de alface e escarola mais segura como é a da Babyplant. Resistência ao espigado e aumento de 2-4 dias nos dias óptimos de colheita das plantas.

Alface e escarola. Cultivo verão

Temperaturas máximas +35 ºC
Radiação solar meses de verão 7-8 kWh/m²
Duração do dia +14 horas

Redução usando painel térmico de alumínio 3-5ºC temperatura máxima

Protecção da radiação solar através do uso de painéis “tapa-sol” e redução de mais de 70 horas de luz ao longo do cultivo em viveiro

Mudas de plantas de alface cultivadas com menos de 19 dias de ciclo em viveiro

Receita de adubo ideal para alcançar um equilíbrio perfeito entre crescimento acelerado e a dureza da planta.

Dias ciclo produção em viveiro de planta de alface e escarola
Semana Días de cultivo
1 40
2 40
3 40
4 40
5 40
6 40
7 40
8 37
9 37
10 37
11 34
12 34
13 34
14 31
15 31
16 31
17 27
18 27
19 27
20 24
21 24
22 22
23 22
24 19
25 19
26 19
27 19
28 19
29 19
30 19
31 19
32 19
33 19
34 19
35 19
36 22
37 22
38 22
39 25
40 25
41 25
42 28
43 28
44 28
45 31
46 31
47 31
48 34
49 34
50 37
51 37
52 40

 

Aipo e escarola. Cultivo inverno.

Acumulação horas frio durante meses de inverno
Escassez horas luz
Condições climáticas ideais para a floração

Plantas cultivadas com temperaturas mínimas + 16ºC

Média de 2800 horas de luz por ano e 315 dias de luz natural por ano

Tecnologia agrícola capaz de produzir em perfeitas condições uma planta de aipo em 50 dias em semente pré-germinada e 70 dias em semente não pré-germinada

Dias ciclo produção em viveiro de planta de aipo
Semana Días de cultivo
1 60
2 60
3 60
4 60
5 60
6

60

7 60
8 60
9 60
10 60
11 60
12 60
13 55
14 55
15 55
16 55
17 55
18 55
19 55
20 55
21 50
22 50
23 50
24 50
25 50
26 50
27 50
28 50
29 50
30 50
31 50
32 50
33 50
34 50
35 55
36 55
37 55
38 55
39 55
40 55
41 55
42 55
43 55
44 55
45 55
46 60
47 60
48 60
49 60
50 60
51 60
52 60

Formatos de sementeira para plantas foliáceas

Ajudamos você a escolher?

Alface Baby, romana, iceberg, acelga, aipo, especialidades e escarola

Alvéolos

Formato de transporte
Serviços de entregas urgentes e carrinhos

Alvéolos

Formato de transporte
Carrinhos

Alvéolos

Formato de transporte
Carrinhos

Alvéolos

Formato de transporte
Serviços de entregas urgentes e carrinhos

Alface Baby, aipo e escarola

Alvéolos

Formato de transporte
Carrinhos

Alvéolos

Formato de transporte
Serviços de entregas urgentes e carrinhos

Plantas de hoja também em ecológico

Como podemos te ajudar?

Disponibilizamos aos agricultores e clientes que necessitam de instrumentos de informação e aconselhamento sobre novas variedades, sistemas de cultivo, cronogramas de produção …

O objetivo deste serviço não é outro senão fortalecer ainda mais o relacionamento com o agricultor e as empresas agrícolas. Além disso, este serviço também é um instrumento importante para fornecer aos profissionais do setor novas informações obtidas por meio de pesquisas realizadas em centros de experiência especializados em todo o mundo.

Nós falamos?

 Preocupamo-nos com a sua opinião. Envie-nos seus comentários através do formulário.

Política de privacidade

Responsável »BabyPLant S.L .. Finalidade» Enviar as informações solicitadas e outras que possam ser do seu interesse. Legitimação »seu consentimento. Destinatários »Nosso próprio servidor hospedado com o sys4net, nosso programa de gerenciamento de clientes e o programa de gerenciamento de e-mail Sendinblue, que também está em conformidade com o RGPD. Direitos »para acessar, retificar, limitar e excluir seus dados.